Foto: Suno Research

Pelo quarto mês consecutivo foram geradas novas vagas de emprego no país. O saldo acumulado de janeiro a julho atingiu 461mil novas vagas, contra 441 mil vagas no mesmo período do ano passado, apresentando um aumento de 2,9%. O destaque positivo é para o setor da construção civil, que gerou 18.672 novas vagas apenas no mês de julho. Se fizermos o comparativo dos últimos 12 meses, o número melhora consideravelmente, apresentando 521 mil novas vagas contra 286 mil no período anterior.

O PIB Brasileiro apresentou alta de 0,4% no segundo trimestre de 2019. O número em si não é dos melhores, mas abrindo por categorias, pode-se verificar que o consumo das famílias foi o grande responsável pelo crescimento verificado. É o povo mais uma vez puxando a locomotiva do crescimento econômico através do consumo agregado.

DINHEIRO NOVO PARA AQUECER AS COMPRAS DE FINAL DE ANO

Ainda falando de crescimento econômico, o dinheiro do saque das contas de FGTS deverá injetar ao redor de 4 bilhões na economia nestes meses finais do ano de 2019. Isso trará um alívio para os setores da indústria, do comércio e de serviços que ainda não sentiram os reflexos do crescimento da economia.

O temor de uma recessão global ronda o mundo neste ano. Já temos grandes economias apresentando uma queda impressionante no ritmo do seu crescimento, principalmente na China.

BRASIL QUEBRA MONOPÓLIO DE PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL LÍQUIDO (GNL)

Acendeu a chama da esperança em relação ao preço do gás, tanto para consumo doméstico como para consumo industrial. A boa notícia veio em função da quebra do monopólio na exploração e distribuição de gás natural líquido (GNL) no país. Há uma superoferta no mercado mundial para este produto, o que fez com que os preços caíssem fortemente e isso deverá acirrar a disputa pelos potenciais consumidores. Diversas empresas gigantes do setor já começam a planejar sua atuação no segmento de varejo no país. Com isso, o setor industrial poderá aderir ao consumo do GNL como forma de diminuir seu custo de produção e aumentar sua competitividade.

REFORMA DA PREVIDENCIA NÃO SERÁ SUFICIENTE…

As contas públicas do Governo Federal estão em frangalhos. No início do ano parecia que com a aprovação da Reforma da Previdência tudo estaria resolvido. Agora que já está bem encaminhada, emergem novas necessidades e dizem que se não for aprovada a Reforma Tributária, Fiscal e Administrativa, já em 2021 o Governo Federal poderá ficar sem caixa para cumprir com os pagamentos compromissados, inclusive as aposentadorias e os BPC’s (Benefícios de Prestação Continuada).

PROGRAMA DE PRIVATIZAÇÕES

O Governo Federal tem pressa na implementação do processo de privatização das empresas estatais, pois caso todas sejam vendidas, haverá uma entrada de 150 bilhões de reais nos cofres públicos, segundo o ministro Paulo Guedes. Para que isso ocorra, o Governo deverá submeter o plano de privatização à aprovação do Congresso Nacional. Espera-se que haja serenidade e responsabilidade por parte de todos os envolvidos no processo, para que realmente seja feito o que for melhor para o povo e a nação brasileira.

DISTRITO INDUSTRIAL DO PICADÃO DEVE SER IMPLANTADO EM BREVE

A Prefeitura Municipal de Nova Veneza adquiriu a alguns meses uma área de terras para a instalação de um distrito industrial. Diversas empresas já foram selecionadas para instalar suas plantas nesta área. O poder público vem envidando esforços no sentido de viabilizar este novo parque, apoiando naquilo que seja legal e possível. Uma comunidade só cresce quando há sinergia das forças vivas da sociedade local. Certamente que os frutos virão ao longo do tempo, traduzidos sob a forma de geração de emprego, renda e aumentando o movimento econômico do município.

A ESPERANÇA SE RENOVA COM O INICIO DA SAFRA 2019/2020

Em julho já pudemos assistir o início do preparo da safra 2019/2020. Certamente que os agricultores darão o melhor de si para fazer desta uma grande safra, usando todo o seu conhecimento e equipamentos para que a safra seja abundante. Porém, há uma proposta do Governo Estadual para tributar os insumos agrícolas, o que elevaria o custo de produção para o agricultor.  Caso isso venha a acontecer, deverá diminuir ainda mais a rentabilidade do setor. Espera-se que haja uma ampla discussão entre os interessados e que se chegue a bom termo sobre o assunto.

AUMENTO DE IMPOSTOS A VISTA

Um assunto que volta a ser discutido em Brasília é a recriação da CPMF, ou imposto do cheque como ficou conhecido em tempos passados. Durante a campanha política todos os candidatos diziam que eram contra o aumento da carga de impostos. Pelo visto as propostas de campanha já foram esquecidas. Ao povo só resta esperar a próxima eleição para demonstrar sua insatisfação.

INVESTIMENTOS E RECOMENDAÇÕES

Para investidores com perfil de risco, os fundos de investimentos em ações têm apresentado um excelente desempenho em 2019. Veja na relação a seguir o desempenho dos principais fundos:

Fonte: XP Investimentos

TURISMO EM ALTA EM NOVA VENEZA

Neste final de semana pude verificar pessoalmente o grande volume de turistas que vem à Nova Veneza nos finais de semana em busca de lazer e alimentação. Os proprietários de restaurantes, bares e assemelhados agradecem pela preferência. Porém, como o gosto dos clientes é muito eclético, cabe aos estabelecimentos comerciais saber o que o turista espera encontrar quando por aqui vem. Um cliente bem atendido pode ajudar a trazer muitos outros, mas um cliente mal atendido pode influenciar na decisão de muitos outros que pretendiam por aqui passar. Assim, atender bem e sempre deve ser a grande preocupação de todos.

Um abraço e até a próxima.