Por  Inoova Comunicação

Uma geração totalmente conectada logo vai se tornar consumidora e precisará de atenção diferenciada para ter os anseios atendidos. Será novo um desafio. E o melhor caminho ainda será a empatia. “Serão clientes impulsivos, que enjoarão muito fácil dos produtos, evitarão o contato visual, terão a comunicação oral simplificada e não serão fidelizados facilmente a empresas”, resume a psicóloga Ana Paula Leepkaln.

“A cultura de atendimento de excelência não é formada por ações mecanizadas. É preciso observar o contexto. Não é só dar um bom dia”, lembra Ana Paula. Os desafios do atendimento e das vendas foram apresentados pela especialista em Gestão de Pessoas no Sindicato dos Comerciantes Varejistas e Atacadistas de Içara, Morro da Fumaça e Balneário Rincão nesta terça-feira, dia 15.

“O mercado exige mais do que vendedores. Os clientes querem consultores que possam resolver seus problemas. Oferecer um produto adequado é um meio para chegar a este resultado e, ao mesmo tempo, criar um relacionamento mais duradouro”, coloca o presidente do Sindilojas de Içara e Região, Marcelo Bitencourt Casagrande.

Além das capacitações e soluções empresariais, o sindicato propõe ações com núcleos locais para atender os novos padrões de consumo. O primeiro núcleo local vai se reunir a partir das 18h30 desta quinta-feira para definir atividades da Black Friday e Natal na Rua Marcos Rovaris, em Içara. “Queremos poder replicar este modelo muito em breve”, pontua Marcelo.