“Salva Nova e Veneza do trabalho, da polenta e da canção, tudo é festa, beleza e monumento da imigração”. Assim foi a décima quinta edição da festa da gastronomia que tem um público consagrado, e o celestial São Pedro colaborou no tempo, foi céu de brigadeiro. Um contexto de eventos culturais étnicos e outros de atrativos turísticos colocou a capital mundial da Polenta no cenário nacional.

A festa é ocupada por turistas dos quatros cantos do Brasil e alguns estrangeiros, das cidades vizinhas e de nos neovenezianos. Quanto mais pessoas vêm à Nova Veneza, mais dinheiro entra na cidade, e este é pulverizado a todos inseridos no processo, ou aqueles que fomentam com produtos aos que comercializam durante a festa.

Claro que cada festa deve ser aprimorada, dentro da proposta e gênero. Para a próxima edição o prefeito Rogério Frigo anunciou algo que eu sempre falei. O evento já comporta dez dias de festas, pois, será a mesma publicidade, quanto a estrutura altera pouquíssimo se estender para dois finais de semana.

Grandes eventos tem esta  tendência de aumentar os dias de festa. Isso com certeza geram mais renda para nós em todos os segmentos inseridos. Alguém me falou que é muito trabalho, respondi: se você estiver trabalhando é porque você está fazendo ou comercializando algo que vai lhe render. Mais dias de festa, poderemos agregar mais sobre a nossa cultura interna. A proposta foi lançada, e devemos aproveitar. “Si, o no? Si!!!”

NANTRA FESTA, SAN GIOAN BATISTA!


Depois de Nova Veneza receber um grande público na famosa festa da gastronomia, neste final de semana a convergência festiva se inclina para o distrito neoveneziano de São Bento Baixo, onde acontece a tradicional festa de São João Batista, que tem a maior fogueira do estado de Santa Catarina, segundo Edalto Bortolotto presidente da CAEP, a fogueira tem 32 metros de altura.

Na sexta feira a noite durante a festa o governo municipal vai inaugurar a bela praça ao lado da matriz São João Batista toda em pedra ferro (basalto) agregando valores arquitetônicos. O prefeito Rogério Frigo entrega a praça que custou 524 mil reais de recursos totalmente do município. “Una bela Piasa!!!”

HOTEL DOLOMITI


Hotel Dolomiti no principado caravaggiano deu um show durante a festa da gastronomia. Todos os funcionários trabalharam com roupas típicas, chamando muito atenção dos hospedes turistas de vários estados do Brasil. Segundo a gerente do hotel Júlia Spillere a ideia agora é fazer um traje típico da região das dolomites do qual empresta o nome para hotel. “Fioi… Cosi che si fa!!!”

EN FAMEJA


Do distrito de São Bento Baixo que está em festa neste final de semana, a família da bela Alexandra “Xanda” Ranacoski com o esposo Rafael Marcos e a primogênita Virginia Ranacoski Marcos. “Una bela fameja!!!”

LA MIA CUCARIA & DOMINUS


Durante a festa da gastronomia a capital mundial da Polenta ganhou dois novos ambientes, o Dominus churrascaria que surpreendeu a todos pela harmonia do ambiente e o cardápio. Anexo ao Auto Posto Mondardo um novo e amplo ambiente na conveniência denominada de “La Mia Cucaria” que é diferenciada e tem uma novidade com uma dezena de sabores de cucas doces e salgadas, tabuas com cortes de carnes especiais, choperia, pequena padaria e os cafés a moda italiana. Ambos os projetos é da arquiteta Ana Paula Ronchi. “Ze un’altra bela Nova Venesia!!!”

CAPITAL MONDIAL DELA POLENTA

O título de Nova Veneza ser a capital mundial da Polenta foi concedido pelos personagens “Nona Angelina” para evidenciar o prato que faz parte da nossa identidade cultural gastronômica. Mas, em Urussanga tem um grupo de amigos que faz polenta isso com muito carinho, percorrendo com irmandade por várias festas típicas italiana de nosso estado catarinense.

Parabéns a eles pela dedicação, que não é verbal, e sim de muito trabalho. Sobre a Polenta, não tem município no Brasil que faz mais Polenta que a nossa rota gastronômica. “E viva a capital mundial da Polenta! Viva!!!”