Althoff
Colunistas

Festa da gastronomia

A realização da décima terceira edição da Festa da Gastronomia só ratificou a consolidação deste evento. Nós, moradores locais, as vezes, nos acostumamos com as nossas maravilhas e não nos damos contra da proeza e da magnitude do que por aqui é feito.

É realmente sensacional podermos ter a oportunidade de vivenciarmos situações como o desfile da Saga dos Valentes, da escolha da Rainha, do Carnaval de Veneza e de tantas outras atrações artísticas, culturais, alimentícias e etílicas. Pessoalmente, acho que a Festa atingiu um tamanho que não considero interessante ultrapassar, devido até as nossas limitações físicas e geográficas.

O que se pode fazer é incrementá-la dando mais charme e atendendo melhor o público em alguns poucos aspectos. Ouvi com satisfação que o poder público já está em tratativas para “ pensar ” a próxima edição e como tenho ouvido também os mais variados comentários e sugestões deixo aqui algumas:

– Criar no site da Prefeitura e em Locais públicos algo como “ livro” ou “ caixa de sugestões para a Festa.

Veneza Construções
Móveis Mondardo
Mercado Pavan
Rovaris Auto Center
Lojas De Mattia
Auto Lavação de Venezia

– Durante o evento deveria existir um espaço bem visível para informações, orientações, dúvidas e também registro de reclamações.

–  Mesmo nos pré-eventos como os realizados na quarta e quinta feira não deveria faltar, ao menos, alguma opção gastronômica típica para os espectadores já que, obviamente, se trata da Festa da Gastronomia.

–  Como, infelizmente, muitos dos que circulam pelos espações públicos não tem a educação e civilidade que deveriam ter e simplesmente atiram no chão  os mais variados detritos e resíduos, poderia ser criada ou aumentada a já existente “ Brigada da Limpeza” para conferir um aspecto melhor mais rapidamente aos espaços.

–  Uma das dificuldades relatadas com frequência é a limitação quanto a banheiros e a sua manutenção, talvez alguns banheiros fixos pudessem ajudar.

– Quanto a estacionamento não tem muito o que fazer e é um transtorno inerente a qualquer grande evento mas poderíamos pensar em cadastrar os responsáveis e os manobristas que se espalham pelos terrenos baldios e em algumas oportunidades apenas cobram e deixam os usuários em maus lençóis  na hora da saída.

–  Talvez também um grande estacionamento próximo ao complexo esportivo  e com  veículos tipo “ van ” que fizessem o transporte gratuito de lá até o centro também ajudassem. É  claro que  falar “ de fora ” sem vivenciar as limitações de pessoal e orçamento financeiro é muito fácil mas acredito que  entre várias ideias se consiga “ catar ” algumas viáveis até porque o que todos nós neovenezianos desejamos é que o sucesso e a alegria da Festa da Gastronomia perdure para todo sempre…!

Portal da transparência –  imaginem se não fosse TRANSPARENTE !

Costumo dizer que em nossa região temos dois “ imbróglios ” daqueles que  quanto mais se sabe a respeito menos os entendemos. Um diz respeito aos créditos pagos ao Hospital São José pelos Órgãos Públicos.

O Hospital é uma instituição particular mas de cunho “ filantrópico” e mantém atendimento hospitalar e emergencial aos habitantes por diversos convênios,  entre eles o SUS que é o mais representativo numericamente deles.

Pois bem, este repasse cabe ao Ministério da Saúde mas é feito pelo Município de Criciúma, que por sua vez, para complicar mais um pouco tem acesso aos recursos via Estado de Santa Catarina que os recebe do Ministério.

E a “estória” se repete à décadas: se estabelece um conflito de valores em que nunca se sabe ao certo quem deve, quanto deve, como pagou, como recebeu, como é calculada ou se é descontada a utilização que o hospital faz dos inúmeros recursos em equipamentos e instalações que foram colocados e subsidiados por dinheiro público mas também são utilizados por particulares e outros convênios … enfim cada lado conta a sua versão e posa de vítima e me fazem lembrar daquela situação em que todos tem razão e ao mesmo tempo ninguém a tem.

O outro litígio inexplicável é o da Unesc com a Prefeitura Municipal de Criciúma. Ali , também é uma situação que não se chega a uma razoável concatenação de dados e as duas versões são sempre conflitantes com cada lado achado que é quem tem a receber e não é o devedor (parece que agora  chegaram a um acordo e resolveram ” zerar ” as contas tanto de um para com o outro como do outro para o um…).

Pois bem, não é que Nova Veneza resolveu contribuir orgulhosamente para a lista dos “imbróglios ” criando o seu. Falo desta discussão pública sobre o “Portal da Transparência” e o que pude observar a respeito é que muitas pessoas embora opinando enfaticamente não tem a menor noção do que seja e são movidas apenas por seu fervor partidário onde a razão e o bom senso passam longe.

O Portal da Transparência nada mais é que uma ferramenta virtual criada  pelo Governo Federal que preconiza a colocação na Internet de todos os dados  financeiros e administrativos referentes a utilização dos recursos recebidos e pagos pelo município.

Possibilita o acompanhamento das ações das entidades publicas por qualquer cidadão. Esta criação e o fornecimento dos dados ao público é uma obrigação legal de alguns anos atrás e o município que não cumprir com os numerosos  itens da lei está sujeito a determinadas sanções legais, inclusive ao  impedimento de receber alguns recursos federais.

Foi o caso de Nova Veneza alguns dias atrás e acompanhei as manifestações  na mídia dos Procuradores tanto do atual como o anterior além do depoimento de várias outras pessoas.

Em meio ao nevoeiro de termos jurídicos e a colocações completamente conflitantes de um e de outro meus dois neurônios não conseguiram assimilar tal desatino, parece (digitei  parece…) que o processo de criação já rolava a muito tempo e o prazo foi “estourado “na gestão anterior com a falta de alguns itens com o processo rolando meio “ao leo” e a atual administração só conseguiu concluir os detalhes faltantes agora e “parece” (redigitei parece…)  que  agora está tudo certo.

Mas o que me chama mais a atenção é a maneira enfática dos depoimentos  dando a impressão que  “os  outros ” são os culpados, teve momentos que  achei que queriam me convencer que o culpado do assassinato era o assassinado porque estava no caminho da bala do assassino… (é capaz de quererem prender o morto …) Socoooorro ! Continuo confuso…!

Futsal da LAC 2017

Será realizada na noite desta sexta-feira em  Nova Veneza mais uma partida  válida pelo Campeonato Regional da LAC-2017.  O  Oahlacrop que nos representa na competição estará enfrentando a equipe de Treviso. O início do jogo será às 20 h e 30 min com cobertura da rádio Hulha Negra. A torcida organizada  á está preparando uma grande festa.

Metropolitano! Quase, quase lá!

Após a sensacional vitória do ultimo final de semana onde atuando em Garopaba venceu a equipe local do Vera Cruz  por 3 X 0  no jogo de ida da grande final da Copa Sul dos Campeões –  2017  o Metropolitano agora vai  para  a finalíssima da competição.

A grande final será realizada neste Domingo no Estádio Darci Marini e os vermelhos podem até perder por 2 X 0 para sagrarem-se os grandes campeões  na primeira conquista da temporada.

O clima entre atletas, diretores e torcedores é de grande expectativa para que  a ótima campanha seja coroada com o “caneco “. O inusitado desta decisão  será o horário da realização do jogo que ficou determinado em comum acordo entre as diretorias para as onze horas da manhã.

Embora cause uma certa estranheza, acho que isso não será obstáculo para  uma grande presença de público.

Larissa na França !

A atleta neoveneziana Larissa da Silva Lúcio será a representante do Brasil  nos Jogos Escolares Mundiais na França a serem realizados na próxima semana.

Ela participará da prova dos 800 metros rasos e embora tenha somente 14 anos competirá com outras atletas de até 18 anos.  Todos nós que somos  apaixonados por esporte estamos na torcida e vibramos muito com esta participação que consolida o ótimo trabalho de nosso atletismo.

Mundo da fotografia!

Nossa cidade tem grande destaque na área da Fotografia. Isto foi constatado  durante a Festa da Gastronomia com a linda mostra de fotos “Olhares de Nova Veneza”. Trabalho coletivo dos fotógrafos Anderson Machado, José Luiz  Ronconi e Milton Ostetto.

As boas novidades nos setores de produção audiovisual ficam a cargo do Anderson Machado que em breve lançara um livro com várias imagens belíssimas do nosso município e já trabalha na produção de um documentário sobre nossa história e belezas naturais.

O Machado é daquelas pessoas que não mede esforços em sua atividade além de participar de muitas iniciativas comunitárias sempre com eficiência e disposição. Ele é mestre no “ eternizar momentos os transformando em   imagens “. Avaaaaante, Machado!

Dica da semana!

A Dica da Semana não é literária, musical ou  ligada ao cinema. Como não poderia deixar de ser, a dica de hoje é esportiva e é claro tem a ver com a grande decisão da COPA SUL 2017: METROPOLITANO x VERA CRUZ NO DOMINGO, ONZE HORAS DA MANHÃ NO DARCI MARINI!       GOOOOOOOOOOOOL!


Coopera rodapé
Topo