Infoway cabeçalho
Cezar Martins

Enogastronomia: Como escolher um bom vinho

 DIFERENÇA ENTRE ENÓFILO, ENÓLOGO E SOMMELIER

No mundo dos vinhos há diversas pessoas que trabalham, apreciam, estudam ou produzem a bebida de Baco. Entre os personagens mais conhecidos estão o enófilo, o enólogo e o somelier. Mas quem são eles? E quais são as suas funções neste universo maravilhoso e encantador?

ENÓLOGO

Explicando com mais detalhes e começando pelo enólogo. Ele é o “pai da criança”. Este profissional é responsável por todas as decisões sobre a produção do vinho, desde a análise do solo até a melhor técnica para a colheita das uvas.

Também participa de todo o processo pós-colheita, definindo as técnicas de vinificação e o momento de colocar o vinho no mercado. Algumas vezes, atua como vendedor e assume a parte de marketing do produto.

Bel Mercearia
Anaquel Estética
Veneza Magazine
Fabio Bratti Engenharia
Ferragens Milanez
Amboni Refrigeração

Este especialista normalmente é formando em Agronomia com especialização na área, pois existem poucas faculdades no Brasil que oferecem o bacharelado em Enologia. A Universidade Federal do Pampa, em Dom Pedrito, no Rio Grande do Sul, é uma delas. Oferece aos estudantes disciplinas de base, que incluem botânica, microbiologia e climatologia, e disciplinas práticas como vinificação, marketing de vinhos e análise sensorial.

SOMELIER

Já o somelier tem o conhecimento sobre vinhos, cervejas e outras bebidas. Este especialista trabalha em restaurantes, bares e lojas do setor, sendo normalmente responsável por tudo que envolva as bebidas, desde compra e recebimento das mercadorias até a elaboração da carta.

A profissão surgiu antes do século XVII, na França. Era o responsável por transportar o fermentado e tinha a obrigação de provar o seu conteúdo antes que fosse servido, para comprovar que a bebida não havia sido envenenada. Tempos depois, a função servia para garantir que o produto era de boa qualidade.

No entanto, para ser considerado um somelier é preciso mais do que paixão pelo néctar de Baco, é preciso formação e muito estudo. Este profissional precisa estar sempre se atualizando das novidades do mercado. Para isso, há cursos profissionalizantes na área da gastronomia.

ENÓFILO

E quem são os enófilos?

Simples, somos todos nós que gostamos da bebida de Baco, que fazemos anotações sobre os vinhos que tomamos ou que frequentamos confrarias e encontros, mas que não temos responsabilidade alguma sobre sua elaboração. Para ser enófilo não é preciso curso profissionalizante, basta gostar e apreciar um bom vinho.

Em resumo, o enólogo é o responsável por toda a produção do vinho. O somelier possui o conhecimento não só sobre as características do fermentado, mas também sua correta harmonização. Já o enófilo é toda aquela pessoa que apenas aprecia ou estuda sobre a nobre bebida.

 COMO ESCOLHER UM BOM VINHO

A escolha de um bom vinho para uma determinada ocasião,  ao contrário de outras bebidas, não é só uma questão de gosto pessoal , mas de uma química muito refinada e de difícil percepção para nós, leigos no assunto. Note-se, ainda, que bom vinho não significa somente o mais caro, mas sim aquele que harmoniza perfeitamente com o que acompanha, ou seja, “desce macio”, “lava a boca”, não “arranha”, não “queima”, não “arde”, não é “ácido” e nem “azedo”. Assim, acontece de comprarmos um vinho famoso, muito bem “recomendado” e… que decepção! Gente, o vinho é bom, apenas erramos a combinação.

Não é muito difícil evitar situações parecidas e desfrutar todo o prazer de um bom vinho, seja ele tinto, branco, rosé, seco, doce ou meio seco. Para tanto, aí vão algumas sugestões: muitas empresas, principalmente supermercados e adegas, promovem encontros para degustação de vinhos. Participe de todos que puder e pague se necessário (vale a pena). Outra alternativa é reunir amigos/pessoas interessadas e procurar um “somelier” para um evento da espécie, em caráter particular (é mais proveitoso ainda, por ser mais pessoal). Por último, antes de comprar ou ao organizar sua festa, você pode consultar os especialistas das empresas acima citadas, independentemente da quantidade a ser adquirida.

 


Coopera rodapé
Topo