Artigo

É época de lagarto

blank
Por João Paulo Gava Just

Você já percebeu que quando chega o período quente do ano vemos com frequência lagartos? Esse é caso da espécie Salvator merianae, chamado popularmente na nossa região de teiú, lagarto-de-papo-amarelo ou, simplesmente, lagarto. O teiú é uma das maiores espécies de lagartos do Brasil, em alguns casos podendo chegar a pouco mais de 1,5 m de comprimento. Vivem em vários ambientes, como florestas, áreas rurais e, inclusive, na cidade.

Sua dieta é variada e podem se alimentar de pequenos animais como roedores, sapos e cobras, grandes insetos, ovos, frutos e carne em decomposição. Resumindo: teiús comem quase tudo que encontram, que conseguem capturar e que cabe na boca! Além disso, existe diferença no corpo entre os sexos, sendo os machos maiores e mais robustos que as fêmeas.

blank

Mas, por que os teiús somem durante uma época do ano? Diferente dos mamíferos e das aves, os lagartos e outros répteis como cobras, tartarugas e jacarés não conseguem produzir calor por meio do seu metabolismo. Nesse caso, esses animais dependem do calor externo (temperatura do ar e do solo) para conseguir fazer suas atividades. Meio que já deu pra entender, não é?!

Como o nosso inverno é muito rigoroso, com temperaturas muito baixas, os teiús teriam problemas pra ajustar sua temperatura e ficariam debilitados ou morreriam de frio. Assim, entre maio e agosto os teiús buscam abrigos para passar esses meses em dormência, baixando quase que totalmente seu metabolismo.

Antes de entrarem nesses abrigos, que chamamos de “hibernáculos”, passam um tempo se alimentando e acumulando gordura no corpo. Sim, quando esses lagartos ficam entocados, sobrevivem apenas consumindo a gordura acumulada!

Depois, quando a primavera e o verão chegam e as temperaturas ao longo do dia aumentam, os teiús deixam suas tocas, buscam alimento e se preparam para os rituais de acasalamento.

leptitox reviews Os machos são os primeiros a deixar as tocas para disputar territórios e conseguir atrair uma fêmea.

Então, entre abril e setembro esses lagartos geram seus filhotes, colocando de 20 a 50 ovos por ninhada. Os pais só cuidam da sua prole enquanto são ovos, depois, os pequenos filhotes precisam se virar sozinhos na natureza e dar continuidade a vida. E esse ciclo se repete todos os anos!

Os teiús não são animais “venenosos” (peçonhentos)! Aliás, abrindo um parêntese aqui: nenhuma espécie de lagarto do Brasil é venenosa! Voltando ao teiú, sua primeira defesa ao encontrar um possível predador é escapar correndo e/ou encontrar abrigo em uma toca.

Caso o lagarto seja encurralado, vai usar técnicas de defesa como inflar e levantar o corpo para parecer maior, abrir a boca, e em último caso, desferir mordidas e golpes com a cauda. E não se engane, a mordida de um teiú pode machucar e ser extremamente dolorosa! Mas, como todo animal, ele só irá atacar caso for ameaçado. Por isso, se um teiú aparecer no seu terreno, não o ameace e deixe ele seguir seu caminho.

Além do teiú, temos outras 17 espécies de lagartos no estado de Santa Catarina! Em Nova Veneza, especificamente, existem seis espécies de lagartos. Aproveitando, você sabia que existe um projeto que estuda a ecologia dos lagartos no nosso Estado? É o Projeto Lagartos de Santa Catarina! Por meio de métodos científicos, o projeto busca aumentar o conhecimento sobre esses animais no Estado a fim de auxiliar em estudos de ecologia e atividades de educação ambiental.

E o mais legal é que você pode contribuir! Caso você tenha fotografado um lagarto em Santa Catarina, entre em contato com o projeto pelo e-mail lagartos.sc@gmail.com, pelo Instagram @lagartos.sc. Os dados necessários são: fotografias ou vídeos do lagarto, a data, o local do registro (coordenadas, endereço ou referência de localização) e o seu nome completo.

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

comentários

Click here to post a comment
  • Encontrei um Teiú na frente da minha casa… quase morto, os gatos do meu vizinho o machucou bastante… coloquei ele numa caixa com terra e folhas, coloquei uma fruta, uma barata morta… e deixei ele descansando lá dentro, o coitado até perdeu um pedacinho da calda…. fiquei com muita dó… então acolhi… pelo menos até ele estar inteiro

  • Sempre aparece lagarto no meu quintal tem algum perigo pra nós

  • Tem um lagarto aqui no meu quintal tenho medo por isso estou procurando alguns assuntos sobre lagarto