Escrever sobre o livro Depois daquela Montanha é uma missão difícil porque quero mostrar a beleza dessa história sem revelar a informação que mais me emocionou. É importante que a leitora ou o leitor se concentre nesta narrativa e vá chegando a conclusões e descobrindo tudo por si mesmo.

Escrito por Charles Martin, este livro conta a história de Ben e Ashley, dois personagens que se encontram por acaso em um aeroporto e tomam decisões com o objetivo de chegar mais rápido em seus destinos. Só que um acidente aéreo acontece e os protagonistas se veem no meio do nada, onde só tem neve, estão muito feridos e sem comida e a missão deles é sobreviver.

Ben é um médico renomado, que desde criança é adepto a corridas e também gosta de fazer escaladas. Ashley é jornalista, que sempre treinou luta e que está com casamento marcado para dois dias. Essas habilidades da dupla foram fundamentais para ajudá-los a sobreviver. Este homem e esta mulher acabaram de se conhecer e terão que enfrentar dificuldades nunca antes imaginadas, então Ben começa a cuidar de Ashley para que fisicamente ela fique o melhor possível, já que nem consegue andar e como as horas se arrastam, às vezes os dois conversam e começam a contar partes de suas vidas.

Além disso, Ben tem um pequeno gravador e grava conversas que quer compartilhar com sua esposa. Ashley se mostra forte, centrada e bem-humorada, ajudando Ben emocionalmente, assim os dois vão se fortalecendo física e emocionalmente para continuar lutando pela sobrevivência.

Este é um livro sensível e apesar de ter apenas dois personagens com seus pensamentos e suas conversas, para mim foi de uma leitura fluida e envolvente. Nesta narrativa há muito mais do que aquele momento de dificuldade que Ben e Ashley estão enfrentando, há duas histórias de vida que de alguma forma colaboram com a força de vontade e a busca por conseguir retomar a vida de onde parou.

Quem decidir ler este livro irá perceber os dias passando sem expectativa de resgate, então Ben começa a planejar a jornada em busca de civilização. Sair de onde estão é muito arriscado, não há nenhuma garantia de que irão conseguir, mas ficar é garantia de que vão morrer. Paralelo a tudo isso, a história de Ben com sua esposa é conhecida através de suas gravações, pois parece que com isso ele quer resgatar o que deu errado.

Eu não tinha expectativa nenhuma em relação ao final, fui lendo e me envolvendo, até que de repente me deparo com verdades fortes e emocionantes. Depois daquela Montanha é muito mais do que a luta pela sobrevivência, é um encontro com a realidade, um resgate da vida, o início de uma nova expectativa. Recomendo a leitura para quem gosta de histórias não óbvias e com um desenrolar envolvente e emocionante, que quando se chega na última página a história permanece ainda por dias na mente.

Depois daquela Montanha, de Charles Martin – 304 páginas.