Por Cris Freitas

O cargo foi ocupado por Ivan Carlos Daniel desde 2017.

O Governo de Nova Veneza anunciou a contratação de Daniel Felisbino para a coordenação técnica ao lado do Diretor Municipal de Esportes, Hériton Sandrini.

Felisbino, aceitou a proposta para ser o elo entre os professores de escolinhas e também os neovenezianos que disputam as competições municipais durante todo o ano.

“A expectativa em receber o convite para a coordenação técnica é das melhores. O Babú acompanhou a minha história dentro do esporte e a minha formação em educação física. A minha vontade sempre foi atuar nessa área. Estou muito feliz em ser lembrado e poder trabalhar na cidade onde escolhi para viver. Quero me dedicar para fazer um bom trabalho e dar o máximo de contribuição para o esporte de Nova Veneza atingir ainda mais índices positivos no Estado. Espero contribuir muito junto com toda a equipe e suprir as expectativas da gestão do prefeito Frigo e também dos neovenezianos”, ressaltou Felibisno.

O diretor municipal de esportes, Hériton Sandrini, o Babú fez um agradecimento ao Ivan Carlos Daniel, profissional efetivo do município, que optou por voltar a área da educação, por todo o profissionalismo e comprometimento dedicado nesses dois anos. “O Daniel vem para somar e que sempre trabalhou na área do esporte. É um profissional que sempre esteve na lista para compor a equipe. Apostamos muito no Daniel, sabemos das suas qualidades e, com certeza, fará uma grande atuação no departamento de esportes”, destacou.

O prefeito Rogério Frigo também fez menção ao trabalho desenvolvido por Ivan Carlos Daniel. “O Ivan desempenhou um grande trabalho no departamento. E agora recebemos o Daniel, profissional gabaritado para assumir essa importante função ao lado do Babú. Desejamos sucesso nessa nova jornada”.

Currículo

Professor de educação física formado pela Unesc. Iniciou sua carreira como jogador profissional do Criciúma Esporte Clube em 1994, atuou em clubes como Mogi Mirim Esporte Clube (São Paulo), Chapecoense, Alto Vale, Tubarão, 4 de Julho (Piauí) e Fortaleza (Ceará). Após passagens por esses clubes recebeu a proposta para jogar o futebol amador no Metropolitano onde permaneço por 17 anos.

Também fez estágio no DME de Nova Veneza, trabalhou dois anos no Projeto Tigrinhos, professor da Fundação Municipal de Criciúma e estava como diretor do Complexo Esportivo de Tubarão do Sindicato dos Atletas Profissionais de Santa Catarina.