Por João Manoel Neto

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Julio Garcia, e o deputado Rodrigo Minotto (PDT), vão discutir nesta segunda-feira, 22, com o Procurador Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin, a transferência de consumidores da Coopera para a Celesc.

A medida da Aneel atinge 2,5 mil moradores, principalmente, de Criciúma e Forquilhinha, e foi comunicada de forma oficial em maio. O maior entrave está no preço da tarifa de energia elétrica, que poderá ficar até 40% mais cara do que a praticada atualmente pela cooperativa.

“Como havíamos nos comprometido no início do mês, vamos procurar os órgãos de controle e fiscalização para tentar uma saída legal que não prejudique os consumidores. Tenho conversado muito com o presidente da Coopera, Walmir Rampinelli, e o presidente da Celesc, Cleicio Poletto Martins, e essa audiência intermediada pelo deputado Julio Garcia é o primeiro passo para esta solução”, aponta Minotto.

No dia 2 de junho, Minotto já tratou do assunto com o Governador do Estado, Carlos Moisés, que deu aval para que fosse encontrada uma alternativa dentro da legalidade para atender os associados da Coopera.