Contos de terror em O Vilarejo, de Raphael Montes

O brasileiro Raphael Montes é conhecido por seus livros de suspense, crimes e terror e O Vilarejo não seria diferente. Com sete contos, inspirados nos sete pecados capitais, o escritor narra histórias macabras que quando se percebe tudo já aconteceu. O mais surpreendente é que são textos curtos e rápidos de ler, mas não se engane porque cada narrativa vem com sua carga de terror.

As histórias acontecem em um vilarejo perdido e isolado que está se acabando e todos sofrem com a fome e o frio. Os contos podem ser lidos em qualquer ordem, mas existe relação indireta entre eles.

Contos de terror em O Vilarejo, de Raphael Montes

E tem mais… O autor cria uma situação em que ele se diz tradutor desses contos que foram escritos em cimério, uma antiga língua já morta. Então tem que começar lendo o prefácio que dá todo o clima de suspense e terror para o que está por vir e o posfácio encerra a obra mantendo tudo o que ele se propôs em cada página.

Tem que estar preparado para encarar essas 96 páginas de O Vilarejo. Não vou falar dos contos porque é bem mais do que se pode imaginar. Ao pegar o livro parece que será leitura rápida e fácil, mas com certeza não. Já leu Raphael Montes? Ele continua surpreendendo.

O Vilarejo, de Raphael Montes, 96 páginas.

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Bloqueio de anúncio detectado!

Por favor, para continuar é necessário desativar seu bloqueador de anúncios!