Ansiedade: como a respiração pode ajudar?

A Organização Mundial da Saúde coloca o Brasil como um dos países mais ansiosos do mundo. Você conhece alguém que já vivenciou ansiedade? Você já sofreu por ansiedade? Você já ajudou alguém que estava passando por um sintoma ansioso? Pois é! É uma demanda muito mais comum do que imaginamos.

Em meus atendimentos costuma ensinar aos pacientes algumas ferramentas para diminuição da ansiedade no dia a dia e uma delas são as técnicas de respiração: você conhece? 

E aí vem a tal da pergunta: como uma respiração pode me ajudar?

Quando nós estamos vivenciando um sintoma ansioso, esse sintoma se origina lá no cérebro porque de alguma maneira nós nos sentimos ameaçados: sendo essa ameaça real ou imaginária. Como nosso cérebro se sentiu ameaçado, ele irá precisar enviar sinais para o nosso corpo para nos manter vivos como uma preservação de espécie: eis os sintomas de ansiedade. Consequentemente nossa respiração fica mais curta, quase que ofegante.

Nesse momento quando realizamos uma respiração lenta e profunda, permitimos com que a oxigenação cerebral seja restabelecida e enviamos sinais para o nosso cérebro de que não estamos sendo ameaçados de fato, e de que está tudo bem conosco sendo assim os sintomas de ansiedade diminuem gradativamente. A respiração é uma ferramenta excelente não só no tratamento de ansiedade, mas na manutenção da saúde mental como um todo.

Deixo para vocês duas técnicas de respiração nas quais gosto muito e convido para experimentar em no seu dia a dia:

01. Inspira por dois s segura por 2 segundos e solta Em 2 segundos. Repita sua respiração por algumas vezes até se sentires melhor.

02. Sente-se e apoie uma das suas mãos no tórax e a outra no abdomen. Respire fundo e vá percebendo o movimento das suas mãos, procure respirar com o abdomen: isso se chama respiração diafragmática. Controle o ritmo da sua respiração e concentre-se nela.

As técnicas de respiração costumam ajudar muito principalmente em momentos de crise de ansiedade, mas não substitui nenhum tipo de tratamento por isso se você está em sofrimento busque um profissional de saúde mental que irá lhe ajudar a lidar com a situação.

Se você tiver dúvidas Fique à vontade para me mandar lá no Instagram @psicologagiovanacbaroni. Grande abraço!

Ansiedade: como a respiração pode ajudar?
Ansiedade: como a respiração pode ajudar?