Um ano passou,
Todos os dias se foram,
Pessoas passaram,
Coisas chegaram,
E talvez nem lembranças deixaram,
Por ser tão despercebido,
Que nem chamou sua atenção!

Outro ano passou,
E o corpo denuncia cada dia que passa,
A cada novo amanhecer,
Que chega sem avisar!

Mais um dia se foi,
Junto de várias palavras,
Que ditas ao acaso,
Talvez não disseram coisa alguma.

E assim a vida vai!
Com pessoas que passam,
Com dias que escorregam de nossas mão,
E simplesmente se vão!