Prefeitura
Colunistas

Coisa de viado

Infoway cabeçalho

Eu não uso isso! Isso é coisa de viado! Não tem vergonha de ficar se esfregando em outro homem? Que nojo.

Já escutei e ainda escuto comentários deste tipo e tenho certeza que muitas pessoas escutam.

Sem contar o desrespeito pela homossexualidade. O que mais me incomoda não é ser tachado de viado ou de algum outro gênero sexual e sim a falta de informação e respeito pelo que faço e gosto.

Você está conversando com uma pessoa e ela pergunta que tipo de esporte você faz. Você estufa o peito e diz com todo orgulho que pratica Jiu-jitsu. A pessoa para, pensa um pouco, e fala:

Brogni Construtora
Bel Mercearia
Móveis Mondardo
Borba Móveis
Ótica NSA
Mercado Pavan

_ Aquela luta que os homens ficam se esfregando no chão? Você engole aquilo e responde com a educação e disciplina que o próprio Jiu-jitsu te ensina e diz: _ Sim, é quase isso. Mas depois disso os comentários só pioram.

Você é louco de ficar se agarrando com homens suados uns em cima dos outros. Eu queria fazer algum tipo de luta que não fosse tão gay.

Com a tranquilidade que o Jiu-jitsu me dá eu só fico quieto e pensando o quanto ignorante aquela pessoa é, fico aborrecido pelo desrespeito dela por esta antiga e tão eficiente arte. A arte que tira muitas crianças da vida do crime, pessoas da depressão, do sedentarismo e que me ajudou a emagrecer e ter um estilo de vida muito mais saudável. Entristece também o desrespeito a quem se dedicou anos de sua vida para hoje levar o Jiu-jitsu para as pessoas, desrespeita aos professores. É nesta hora que sinto vontade de mostrar para a pessoa na prática. Aí vejo que serei ainda mais ignorante que ela, pois isso não é o que o Jiu-jitsu prega.

Continuando a conversa pergunto que esporte a pessoa faz, ela me diz que só caminha às vezes quando sobra tempo. Diz que pretende começar a andar de bike. Fico muito contente com isso e novamente inflo o peito e digo que ando bastante de bike e para longas distâncias. Aí a pessoa me olha com arrogância e pergunta:

_ Tu não usas aqueles calções coladinhos de bicha né? Deixo a pessoa falando sozinha e saio.

Resumindo

Quero poder ter saúde para continuar sendo bicha por muitos anos e quem sabe assim ensinar outras pessoas a serem este tipo de bichas, se esse for o caso. Tirar pessoas do sedentarismo, das drogas e dar a elas saúde mental e corporal. Quem sabe um dia o filho desta pessoa não seja tão ignorante como ela e venha entrar em casa vestindo quimono ou usando um calçãozinho de bicha. Desta forma ele não estará nas ruas ou envolvido em drogas.

Me tornei uma pessoa muito melhor e muito mais homem do que eu era antes de praticar estes esportes. E se um dia eu fosse bicha eu ainda o faria.

Contabilidade KLZ
Team Bressan
Ilumigesso
De Ávila

Coopera rodapé
Topo