Cinco passos para cultivar árvores frutíferas em vasos

Em tempos de isolamento social, uma boa forma de se distrair é cuidar de plantas e flores, o que também ajuda na decoração da sua casa ou de seu apartamento. É possível ir além da beleza vegetal, já que se pode cultivar plantas frutíferas em vasos. É uma excelente oportunidade de proporcionar cores, aromas e sabores para sua sacada, sala ou outros ambientes ensolarados.

Algumas espécies necessitam de mais horas de sol, outras nem tanto. Por isso, é importante conhecer bem ou buscar aprender mais sobre a espécie que deseja cultivar. Árvores de pitanga, amora, goiaba, araçá, mirtilo, figo e espécies cítricas como laranja, limão e tangerinas se adaptam muito bem ao cultivo em vaso. Conheça algumas dicas básicas para o sucesso de sua experiência:

Escolha dos vasos

Use vasos leves e de bom tamanho. Vasos de fibra ou plásticos podem ser uma boa opção para reduzir o peso total. Quanto maior o vaso, melhor será o desenvolvimento da planta.

Drenagem

Certifique-se de que o vaso possui furos na sua base, permitindo que o excesso de água seja drenado. Além disso, é fundamental fazer um dreno. Coloque 10 cm de pedrisco no fundo e, sobre eles, uma manta geotêxtil. Por fim, coloque o substrato/terra. A construção do dreno é importante para não obstruir o fluxo de água ao longo do tempo.

Adubação

É importante realizar uma boa adubação previamente ao plantio. Prepare a terra com adubos orgânicos, húmus ou demais materiais disponíveis. Após o plantio, não remexa o solo. O adubo pode ser colocado na superfície e, com a irrigação, irá infiltrar e será absorvido pelas raízes.

Manutenção

Realize podas frequentes para que a planta não fique muito grande. É importante manter bom equilíbrio entre a raiz e a parte aérea. Neste momento, podem ser retirados ramos doentes ou com o ataque de alguma praga, prevenindo assim a necessidade de aplicação de produtos químicos.

Colheita

Aproveite para saborear cada fruto! A produção em vaso poderá ser menor quando comparado ao cultivo convencional, uma vez que a polinização, disponibilidade de nutrientes e tamanho da árvore poderão limitar a produção.

Para os apreciadores da natureza, todo o processo é gratificante. Aproveite para envolver as crianças e interagir com a natureza dentro de casa. Certamente vocês poderão colher, além de bons frutos, deliciosos momentos que serão lembrados com carinho no futuro.

Por Ângela Ruiz da Climatempo

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Bloqueio de anúncio detectado!

Por favor, para continuar é necessário desativar seu bloqueador de anúncios!