Por Maristela Benedet

A Chapa 1, de oposição, venceu a eleição para a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Criciúma e Região. O novo presidente João Batista da Silva, o popular Boca, recebeu 575 votos. Duas chapas disputaram o pleito. Na Chapa 2, da situação, o diretor do Sindicato, Luís Fernando Oscar teve 549 votos. Foram 17 votos nulos e 18 em branco.

O mandato é de quatro anos (2020 -2024). Boca assumiu a diretoria após o resultado por volta das 23h de sexta-feira, 24. A eleição foi realizada dias 23 e 24, com uma urna fixa na sede do Sindicato em Criciúma e outras cinco percorrendo mais de 112 empresas em 29 municípios do Sul do Estado, base da entidade. Um total de 1.159 trabalhadores votaram no processo.