Carlos Cypriano João

Bombeiros e os populares

Incêndio é um evento desagradável em que a maioria das pessoas não acreditam que possa acontecer com elas … Isso é coisa que só acontece com os outros … nesses “outros” podemos estar inseridos, todos estamos sujeitos a uma cena destas sendo atores ou curiosos.

Mas o que me inquieta no momento deste tipo de sinistro em casas, é a ação de pessoas vizinhas ao local. Por inúmeras vezes ao chegar nos incêndios, percebi essa gente destemida tomando ações para salvar os pertences de si ou de outrem, retirando os móveis, ou usando a boa e famosa mangueira de jardim, no afã de estar resolvendo ou diminuindo as labaredas.

Nobre a atitude destes anônimos e pensando bem, existe perigo iminente de prejuízos à saúde. Entrar numa casa em chamas, na parte em que não existe fogo para retirada de móveis como citado acima, sim não há fogo, porém, o que tem é fumaça aquecida e carregada de gases asfixiantes, citando aqui o mais falado nos últimos dias, o monóxido de carbono.

Outra atitude neste momento é o uso da mangueira de jardim, jogando água para cima do fogo na intenção de apagá-lo, ledo engano gente, a quantidade deste agente extintor, lembrando de vazão e pressão agora, devem ser adequadas para o resfriamento do ambiente funesto. E convenhamos, não vai adiantar de nada está ação porque além da exposição a fumaça, existe o perigo em ser atingido por choque elétrico.

Percebemos que esta tarefa de extinção de incêndios não é nada fácil, é recheada de meandros e por isso deve ser efetuado pelos Bombeiros, pois estão capacitados para tal e possuem ferramentas e equipamentos para resolução da ocorrência.

Sabemos que para ter fogo, alguns “ingredientes” devem existir, vamos a eles: comburente (oxigênio), combustível (o que queima), calor e a reação em cadeia, nada haver com rebelião em presídio tá gente!! Então fica deste jeito, para apagar um incêndio um dos elementos citados acima não deve estar presente, e não estando, não há fogo e não tendo fogo não existirá incêndio.

No caso da ação dos populares ocorre a retirada ou tentativa, do material combustível (móveis) e também a diminuição do calor com água insuficiente. A aproximação ou entrar na edificação pode ser danosa como dito acima.

Pensamos: se a concentração de comburente/oxigênio for diminuída, não estando numa concentração ideal para que haja fogo, será que os vizinhos ao sítio do incêndio não poderiam estar contribuindo para isso, fechando janelas e portas por fora da residência em chamas, até a chegada dos homens e mulheres do fogo, ou não?

Questione, comente, concorde ou discorde, fique à vontade!

 

 

 

 

 

 

 

 

Descubra Nova Veneza em Santa Catarina, a Capital Nacional da Gastronomia Típica Italiana. Notícias, turismo e restaurantes.

No ar desde 25 de outubro de 2005

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.