Carlos Cypriano João

Bombeiros: aprovados em concurso pedem passagem

Aqui escrevo sobre proteção contra incêndios e pânico, a cada coluna ocorrem pautas diferentes que tratam dos mais variados assuntos ligados ao setor. Falo sobre os Bombeiros e suas ações, dou dicas valiosas aos leigos para que saibam de como comportarem-se num incêndio por exemplo, e outras mais situações inerentes ao nosso conteúdo.

Mas está ocorrendo um movimento aqui em Santa Catarina bem interessante, pessoas estão em busca dos seus direitos. Bem vamos lá! Eles prestaram concurso em 2017 para Soldado do Corpo de Bombeiros Militar do nosso Estado, foram aprovados, e estão aguardando a convocação. Nada mais justo chamar este pessoal para ingressarem na escola de Bombeiros, pois estão prontos e não precisam passar novamente pelas etapas iniciais. Isso significa economia aos cofres públicos.

Créditos: Luiz Henrique

Eles são em 292 (homens e mulheres), já pensaram chegarmos em dezembro deste ano, com este número de Bombeiros Militares a mais para atender a sociedade catarinense? Que bom né! Isso significa mais prevenção, mais militares ofertando a já consagrada atividade do Corpo de Bombeiros Militar.

Já consigo antever de forma imaginária os monitores, instrutores, professores, mestres, todos militares é claro, a espera desses jovens que anseiam entrar no Curso de Formação de Soldados – CFSD 2019. Pelo que conheço destes docentes, também estão “ansiosos” a espera dessa galera. Se é que me entendem.

Em minhas andanças por aí, na fala com um ou outro, nosso povo reconhece a qualidade destes profissionais e sabem também da necessidade da manutenção do efetivo, pois, enquanto novos Bombeiros ingressam na corporação, outros tantos partem para a reserva.

Convenhamos, se a população deseja, a caserna necessita, os excedentes querem e o poder público sabe da necessidade! Estamos com a faca e o queijo nas mãos. Basta cortar e comer!!

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.