Colunistas

Bicho Homem

Não nego que gosto de assistir filmes de suspense e na maioria deles aparecem cenas de violência, parte ruim da trama.

Certo dia eu estava assistindo um desses filmes e justo numa cena de violência meu marido sentou-se do meu lado, questionou-me sobre a cena – um ator atirou no outro, matando-o – dizendo que não entendia como eu gostava de assistir aquilo. Eu respondi que o tipo de filme – suspense – levava a cenas daquele tipo, então ele se retirou.

No mesmo dia surpreendi-o assistindo um desses programas de início de noite, estilo Datena e/ou Marcelo Resende onde estava passando a notícia do julgamento de um homem que havia matado seus dois enteados por ciúmes da esposa, as crianças tinham seis e sete anos, brutalidade total.

Bom, estou contando tudo isso para chegar onde queria: o dia 4 de outubro, dia de São Francisco, protetor dos animais.

Recebi várias mensagens onde as pessoas pediam a proteção de São Francisco para seus animais de estimação. Eu também pedi é claro, pois tenho um gato (Alemão) que é muito estimado por todos aqui de casa. Mas pedi também a proteção Divina e do Santo para nós seres humanos, pois diante de tantas atrocidades que ouvimos e vemos nos meios de comunicação não resta dúvida que o Homem se tornou: BICHO.

Não estou querendo dizer que todos os animais são violentos, não me interpretem mal, o que quero dizer é que o Homem está perdendo sua condição de animal racional.  E quando um animal não consegue raciocinar, quando não age por instinto de sobrevivência então ele é bicho.

As notícias estão por aí mostrando que o Homem age e mata por ganância, por maldade, por desrespeito total à vida, principalmente a humana.

Ah, sobre aquela notícia lá de cima, o bicho foi condenado a cinquenta e oito anos de prisão, que a justiça seja feita. Amém!

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.