Amrec realiza homenagem aos 50 anos de fundação da Unesc.

Os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) fazem nesta quinta-feira, 29, às 19h30, assembleia geral ordinária em homenagem aos 50 anos de fundação da UNESC.

A reunião deve reunir prefeitos e vice-prefeitos dos 12 municípios da região, além de lideranças politicas e empresariais de todos sul de Santa Catarina.

Para o presidente da Amrec e prefeito de Siderópolis, Hélio Roberto Cesa, a Universidade presta um grande serviço a comunidade. “Ela não só tem papel fundamental na formação educacional dos moradores dos municípios do sul de Santa Catarina, como também impactada no desenvolvimento regional e presta um grande serviço à comunidade e na parceria com os órgãos públicos. A Unesc é essencial para a comunidade regional”, avalia Alemão.

Durante a reunião a Amrec entregará uma placa comemorativa, num reconhecimento pelos 50 anos de história da Unesc, e pela sua importância no desenvolvimento educacional, social, cultural, econômico e ambiental da nossa região.

Nasce a Universidade Comunitária da região

A Fucri (Fundação Educacional de Criciúma), fundada em 22 de junho de 1968, pela Lei Municipal número 697, durante o governo de Ruy Hülse, foi a primeira escola de nível superior criada no Sul de Santa Catarina. A entidade emergiu de um movimento comunitário regional que culminou com a realização de um seminário de estudos em prol da implantação do Ensino Superior no Sul Catarinense.

Em 3 de junho de 1997, o CEE (Conselho Estadual da Educação) aprova por unanimidade o parecer do Conselheiro Relator e, em sessão plenária, em 17 de junho de 1997, também por unanimidade, aprova definitivamente a transformação em Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), tendo a Fucri como sua mantenedora.

Em 11 de agosto do mesmo ano, a Universidade recebeu sua homologação, que equivale à “Certidão de Nascimento”. Em 18 de novembro ocorreu a instalação oficial da Unesc, no Teatro Elias Angeloni, com a participação de autoridades, empresários, professores, alunos e funcionários da Instituição.

Antonio Rozeng