Amélia – 99 anos
Colunistas Margarete Ugioni

Amélia – 99 anos

Eu não poderia deixar passar em branco uma data tão importante, tão festiva para nós seus familiares, que é o dia 23 de fevereiro quando festejamos 99 anos de vida da minha querida sogra Amélia Picolo Ugioni.

São anos de muita história que seria impossível contar em poucas palavras, Amélia foi uma mulher que trabalhou muito na sua vida para criar seus filhos. Como a maioria das mulheres de sua época precisava trabalhar na roça, chegar em casa ainda pra fazer o almoço, voltar pra roça e no final do dia preparar o jantar.

Mas o dia não acabava por aí não. Depois que os pequenos já estavam sossegados precisava costurar para vestir a todos. Não se comprava roupas prontas não. Comprava-se peças de tecidos (geralmente dos mais baratos) e toda mãe tinha que saber fazer o vestuário da família.

Quando não fazia peças novas tinha que “remendar” as usadas, minha sogra dizia que remendava tantas vezes que em algumas peças não dava nem pra ver o tecido original.

Além de todas estas tarefas ainda tinha o cuidado com os animais que não eram poucos.

Hoje em dia nos queixamos e não damos “conta” da lida quando temos 2 ou 3 filhos. Pensem, naquele tempo não tinha máquina de lavar e secar, liquidificador, batedeira e muitos outros utensílios domésticos que facilitam a vida das donas de casa.

Nem digam que elas não trabalhavam fora, trabalhavam sim, na roça, com uma carga de trabalho muito intensa, do nascer ao pôr do sol.

Foram muitas dificuldades e privações, mas na sua casa acolhia os amigos, parentes e pessoas que precisavam de um prato de comida ou de uma cama para dormir.

Quem não lembra do seu João Daniel? Aquele senhor com uma barba enorme que descia a serra por vezes com porcos (muitos anos atrás, não foi no meu tempo), gado e por último com mulas carregadas de queijo para vender serra abaixo.

E a nona Amélia sempre com muito carinho recebia a todos. Eu sei que muitos dos meus leitores com mais idade lembram destes fatos e muitos outros.

Dona Amélia é meiga, bondosa por demais, paciente, se preocupa e quer cuidar de todos, acolhedora.

Deus foi bondoso com ela, tem muita saúde apesar de sua aparência frágil, trabalhadeira até hoje, gosta de cuidar de suas verduras no quintal.

Precisaria de muitas palavras e páginas para descrevê-la, mas todos nós de sua família só temos agradecimentos a Deus e à dona Amélia por fazermos parte de sua vida.

Parabéns nona Amélia, são poucos que festejam 99 anos e se Deus permitir ano que vem comemoraremos seus 100 anos de vida! Felicidades e saúde.

Maria Margarete Olímpio Ugioni

 

Amélia – 99 anos

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

comentários

Clique aqui para comentar
  • Que belas histórias destas mulheres desbravadoras que são exemplos vivos para as novas gerações. Vocês são nossas inspirações. Parabéns.

  • Amélia, exemplo de dedicação e força. Parabéns tia Amélia!!!! Muito orgulho de ser sua sobrinha.????

    • Oi Adriane, isso mesmo, com seus 99 anos nona Amélia transmite força e nunca fragilidade. Um abraço!

  • Emocionante está história, como é importante pessoal ficar sabendo um pouco do passado, obrigada Margarete por essas lembranças.

    • Bom dia a todos. É nossa obrigação contar a vida de luta dos nossos pais e avós para que os mais jovens não esqueçam que na vida é preciso trabalhar e lutar por uma vida digna. Que nada nesta vida é de graça.

  • Tia Amélia, muita saúde e muitas bênçãos de Senhora na sua vida! Agradecemos de coração pelo seu exemplo.

  • Bela história de vida, parabéns Margarete pelo resgate.

    • Obrigada Benicio, minha sogra é um ser humano maravilhoso é um anjo em nossas vidas. Ela cativa a todos.