A indústria de alimentos Agrovêneto, de Nova Veneza, ganhou destaque esse mês como uma das vencedoras do prêmio Campeãs da Inovação, promovido pela revista “Amanhã” em parceria com a Fundação Dom Cabral e pela consultoria Edusys. A premiação é realizada há oito anos e seleciona as 50 empresas mais inovadoras do Sul do Brasil, reconhecendo os esforços realizados na área de pesquisa e desenvolvimento de produtos. A Agrovêneto ficou em primeiro lugar no segmento de Alimentos e Bebidas. “Receber esse prêmio significa que estamos sendo reconhecidos pelo mercado, nos igualando a grandes empresas do país como os grupos Grendene, Weg, Randon e Tigre”, declara o supervisor de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa, Vinícius Casarin Scholl.

A pesquisa para selecionar os vencedores é feita através de um questionário específico de 43 perguntas desenvolvido pela fundação Dom Cabral e divididas em seis dimensões com pesos diferentes. As questões foram aplicadas pela empresa paulista de consultoria Edusys nas 500 maiores empresas do sul do país listadas pelo ranking “Grandes e Líderes” da revista Amanhã. De acordo com Scholl, a Agrovêneto se destaca entre as concorrentes porque possui o que há de mais moderno na questão de equipamentos para o setor. “Estamos sempre buscando novas tendências de mercado dentro e fora do país, participamos de feiras e outros eventos voltados ao segmento da alimentação, vendo o que agrega valor ao produto”, afirma o supervisor.

Bruna Borges