Aberto credenciamento para os Projetos Inovadores 2018 de Santa Catarina

Municípios podem inscrever iniciativas tecnológicas até 29 de março; Objetivos é dar visibilidade a boas práticas na gestão pública

Em Lages, durante o 3º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, serão conhecidos os projetos inovadores 2018 do Estado. Os municípios que implantaram ou estão em fase de desenvolvimento de soluções que visam otimizar algum setor da área pública podem inscrever-se junto à Rede Cidade Digital (RCD), organizadora do evento em parceria com a Prefeitura de Lages, para receber o título.

O Congresso, que será realizado no Órion Parque, dias 19 e 20 de Abril, é o principal evento do gênero no Estado direcionado, principalmente, para pequenos e médios municípios, e irá reunir prefeitos, gestores e vereadores para tratar de desenvolvimento e eficiência nos serviços públicos através de investimentos em tecnologia.

De acordo com o diretor da RCD, José Marinho, o objetivo é dar visibilidade aos prefeitos que estão investindo em inovação. Entre os critérios utilizados na seleção, explica Marinho, serão consideradas as ferramentas que estão gerando resultados positivos para a gestão pública e impactando positivamente na vida dos cidadãos. “Cada vez mais os gestores entendem a necessidade de utilizar a tecnologia para resolver os problemas das cidades.

E para isso é muito importante incluir as Tecnologias da Informação e Comunicação como estratégicas nesse processo, estabelecendo demandas a curto, médio e longo prazo. Neste sentido, o Congresso dá visibilidade aos prefeitos inovadores que acabam se tornando referência para os demais que estão buscando ações”, afirma.

Os municípios podem inscrever seus projetos até o dia 29 de março pelo site http://congressosc.redecidaded igital.com.br, com iniciativas voltadas para áreas como Saúde, Educação, Mobilidade Urbana, Arrecadação, Zona Rural, entre outros.

Congresso

Gratuito para servidores públicos, o encontro aborda modelos em andamento nas localidades, políticas públicas estaduais e federais, além de soluções de mercado. “Promove a troca de experiências entre as Prefeituras, além de aproximá-las de fornecedores de tecnologia.

Não existe outro caminho para aprimorar a máquina pública se não pelas cidades digitais e inteligentes. No país também cresce o conceito para cidades humanas e sustentáveis, mas isso só irá acontecer a partir de conectividade, interação com os cidadãos e eficiência de gestão”, resume o diretor da RCD.

O 3º Congresso Catarinense de Cidades Digitais tem o patrocínio ouro da 1Doc e apoio institucional da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Órion Parque Tecnológico e das Associações de Municípios Amarp, Amauc, Ameosc, Amfri, Ammvi, Amrec, Amunesc, Amures e Amvali.

 Comunicação RCD

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Bloqueio de anúncio detectado!

Por favor, para continuar é necessário desativar seu bloqueador de anúncios!