Comemoração

2ª edição do Pedal do Bepo será em abril

Por João Manoel Neto

O sucesso da 1ª edição do Pedal do Bepo entusiasmou a equipe organizadora a preparar uma nova comemoração este ano para o jovem Wellington Casagrande Nuernberg.

Em 2018, foram 283 ciclistas participando do evento que marca o aniversário do Bepo. Para a chegada do 26º ano de vida, o 2º Pedal do Bepo acontece no próximo dia 7 de abril, a partir das 8h, com saída da Praça Humberto Bortoluzzi, no centro de Nova Veneza. O evento conta com o apoio do Governo do Município, por meio do Departamento Municipal de Esportes.

“Nós sempre organizávamos uma festa de aniversário para o Bepo. Até que no ano passado ele mesmo sugeriu que seria legal fazer um pedal com os amigos. O Bepo ama pedalar e esse era o sonho dele. Decidimos preparar o evento. A 1ª edição foi um sucesso e este ano a expectativa é de que o público seja ainda maior”, explica Mauricio Ghislandi, um dos organizadores.

O pedal é totalmente beneficente e tem o objetivo único de confraternizar. “A gente ganha tudo e há um envolvimento de 10 pessoas voluntárias que organizam suas equipes para serem responsáveis por cada setor, desde a cozinha até o apoio, com água e suporte para quem quebra a bicicleta. Cada um tem uma função para dar tudo certo”, conta.

O organizador ressalta a importância da inscrição, para a previsão do número de pessoas que participarão do almoço. “A inscrição dá direito ao almoço e também ao sorteio de brindes. Tudo grátis. A confraternização será no salão da igreja do Bairro Bortolotto, com espaço organizado para bicicletas e automóveis. Depois do almoço teremos bandas tocando, entre elas a banda Vira Latas”, adianta.

Depois da saída da praça central, o passeio segue até São Bento Alto, com parada para hidratação e alimentação em Rio Cedro Alto. Na sequência vai até a comunidade de São Francisco, onde acontece nova parada. De lá, eles seguem até São Bento Baixo, e finalizam o percurso pelo município de Nova Veneza no Bairro Bortolotto.

“Todos que tiveram vontade podem participar. Não é uma corrida, mas um passeio. Vamos pedalando e parando, sempre esperando todo o grupo. Essa é uma iniciativa nossa, de coração, sem envolvimento político ou financeiro. A gente faz porque gosta. É a oportunidade de sentar numa mesa, conhecer e conversar com pessoas que nunca vimos. E, claro, comemorar o aniversário do Bepo”, coloca Mauricio.

Ano passado ele tinha o apoio de Gilson Gava, mas que mesmo fora do país continua dando suporte na organização. “O valor arrecadado no bar do evento será destinado este ano para o Grupo de Escoteiros, Dr. Cesare Tibaldeschi. Nos anos anteriores conseguimos ajudar a APAE,” finaliza.

Pedal do Bepo

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.