Minha prima irmã de sangue e irmã de coração, Ana Suzerli Gava, carinhosamente conhecida por “Nina Gava” que depois de morar mais de vinte anos em Urussanga, e agora já são doze anos em Orleans, e por lá esta neoveneziana está deixando sua marca de generosidade, herdada da sua saudosa mãe Tereza Malgaresi Gava.

Nina é presidente da Fundação Hospitalar Santa Otilia de Orleans sem ônus. Na próxima segunda feira ela recebe o título de Cidadã Honorária Orleanense, a indicação foi do vereador Valentin Bardini Sobrinho. “Meritata… Conplimenti!!!”

LIBRO DEL FIOL DELA TERA


Do próprio autor, chegou a minhas mãos o livro “O menino que vê o mundo” de autoria do professor neoveneziano Waldir Rampinelli. Na obra, ele mistura a história e a ficção para dar vida a um rico mosaico cotidiano numa pequena cidade de imigrantes italianos.

O lançamento foi na última sexta-feira no Palácio Cruz e Sousa em Florianópolis. O professor universitário é natural da área central Nova Veneza e aos oito anos foi morar na localidade de São Bonifácio ao sudeste da capital mundial da Polenta, conhecido por Vila Seca, hoje ele reside em Florianópolis. “Bravo… Grasie del libro, conplimenti!!!”

ALTRO CHE BELA


Magali Campanholi a simpática neoveneziana que o tempo tem sido seu grato amigo. Um verdadeiro cavalheiro jamais deve dizer a idade de uma dama. Então deixamos quieta na questão da idade. Magali está entre as mais belas mulheres de Nova Veneza. “Mamamia che bela tozata!!!”

MÈDO SECOLO, BON CONPLEAN!


Quem trocou de idade no último sábado foi o amigo das antigas, Marcelo Branco Pacheco, que tem história na imprensa neoveneziana e região. Meio século não muito, mas, não é pouco. Saúde e paz Marcelo hoje e sempre. “Cin-cin-vin!!!”

BELA ISADORA


Meus vizinhos queridos Elias Eduardo Romagna e bela Andréia Costa com a primogênita Isadora Costa Romagna que completou um aninho. “Tanti auguri Isadora!!!”

TOZATON DE SETANTAOTO’ENE


Outro aniversariante da semana é o Álvaro Savi. Este amigo eu tenho inveja, completou seus setenta e oito, mas, parece um “tozato” menino. “Vita longa tozaton!!!”